Share Voto Rápido

Poll link

500 px
350 px
250 px
Pré-visualizar

- pré-visualizar

Largura - pixeis; Altura - pixeis

Fechar pré-visualização
! Você está usando um navegador que não é compatível A sua versão do navegador não está otimizada para a Toluna, recomendamos que você instale a versão mais recente Atualizar
A nossa Política de Privacidade rege a sua participação no nosso Painel de Influenciadores, que você pode acessar aqui. O nosso website usa cookies. Como no mundo offline, cookies tornam qualquer situação melhor. Para aprender mais sobre os cookies que são usados no nosso website, verifique a nossa Política de Cookies.

hugogimenez está usando a Toluna para criar conteúdo interessante e ganhar recompensas. Faça o mesmo, cadastre-se agora.


hugogimenez

  26 meses atrás

Superando a Depressão
Fechado

Era início do ano, Janeiro de 2014 para ser mais preciso. Os primeiros sintomas começaram, mas eu não havia percebido ainda a extensão que viria a ser. Comecei a sentir muita insônia e mente turbulenta. Um mês se passou até que meu corpo e mente caiu de vez num furacão de sensações e sentimentos desconexos.

Os sintomas eram diversos: suor excessivo, taquicardia o dia inteiro, corpo excessivamente frio ou quente e, claro, tristeza profunda. Fui levado ao médico psiquiatra da cidade (interior do RN), que aos poucos foi me enchendo de medicamentos. O pesadelo apenas havia começado.

Um ano inteiro se passou e, dia após dia, o meu quadro só piorava e a miscelânea de medicamentos também. O peso que eu fazia minha família carregar me fazia ficar ainda pior. As pessoas viam minha situação, mas o que elas podiam fazer era muito pouco, apenas davam conselhos vazios, genéricos, sem muito conteúdo. Eu pensava estar a caminho da morte e definitivamente pensei:

- Eu irei passar o resto de minha vida assim!

Foi quando uma psicóloga que me acompanhou por um tempo disse-me para mudar de médico, procurar uma outra opinião. Em primeiro momento não dei atenção, pois iludido pela comodidade de ter um médico na cidade à disposição, não quis ter que me mover até a capital para ter esta outra opinião e, dessa mesma forma pensava minha família.

A partir disso, quando a situação ficou insustentável, eu me rendi aos conselhos da minha psicóloga, e fui logo pegando todos os contatos do consultório do outro profissional, que ela dizia ser mais jovem e muito mais atualizado e, além disso, que tinha uma carga profissional carregada de méritos por ter colocado muitas pessoas novamente nos trilhos.

O novo psiquiatra após ouvir a minha história e foi bem didático e me passou a medicação correta, numa dosagem justa e retirou toda a miscelânea que vivia me acompanhando. Em um mês o resultado foi extraordinário e, seguindo o tratamento direitinho, fui aos poucos recolocando minha vida nos eixos.

Restaurei minha fé (sou Espírita Kardecista), entrei num novo relacionamento, fiz amigos novos e melhores, passei a dedicar um pedaço da minha vida a ajudar os outros com o mesmo problema ou piores.

Hoje, pesquiso bastante na literatura Espírita e científica os fatores biopsicossociais e suas interações com a espiritualidade para a cura de vários males psicológicos. Eu considero que tudo que eu passei foi um alerta para a vida que eu tinha anteriormente, e que muita coisa tinha que melhorar. Agradeço a Deus, família e amigos por ter chegado até aqui.
Responder

dinhadebelrj

  24 meses atrás
A depressão é uma doença é um assunto muito serio nem todos conseguem sair dessa situaçao mas vc conseguiu parabens pela sua superaçao é legal ver historias como essa isso faz com que pessoas que estejam nessa depressao procurem ajuda parabens pela sua vitoria.
0 comentários

marciacristinamc2010

  26 meses atrás
Não é fácil sair de uma situação dessa, nosso psicológico nos leva a imaginar várias hipóteses, várias coisas. Só quem vive e que sabe o quanto é difícil sair dessa situação. Mas você conseguiu. E o melhor de tudo isso, é que você conseguiu fazer disso uma lição pra ajudar a outras pessoas.
0 comentários

Eletra

  26 meses atrás
De toda esta história, se você conseguiu se conhecer melhor e fazer de tudo isso algo útil, pode-se considerar um vencedor. Teve sorte de achar o tratamento adequado. Conheço mais de uma pessoa que faz terapia há anos e não consegue ainda ver a luz no fim do túnel. São totalmente dependentes e não conseguem dar um passo sem falar com o terapeuta. Acho que isso é como ter uma bola de ferro na perna. Mas para você: parabéns.
0 comentários

EvageliaBintakos

  26 meses atrás
vc conseguiu, parabéns!
0 comentários

mariaeijair

  26 meses atrás
Parabéns pela recuperação,sei como é também tive depressão e a gente se sente no fundo do poço,continuo me tratando da ansiedade mas graças a Deus faz tempo que não tenho crise depressiva.Deus te abençoe.
0 comentários

Copiado para a área de transferência

Você está quase lá

Para poder criar conteúdo na comunidade

Verifique o seu e-mail / reenviar
Não, obrigado! Estou apenas olhando

OK
Cancelar
Lamentavelmente, desativamos a funcionalidade de login com Facebook. Por favor, digite seu e-mail do Facebook para receber um link de criação de senha.
Por favor, insira dados válidos para Email
Cancelar
Processando...
Se você incluir uma foto, seu perfil fica mais legal.
Carregar