Share Voto Rápido

Poll link

500 px
350 px
250 px
Pré-visualizar

- pré-visualizar

Largura - pixeis; Altura - pixeis

Fechar pré-visualização
! Você está usando um navegador que não é compatível A sua versão do navegador não está otimizada para a Toluna, recomendamos que você instale a versão mais recente Atualizar
A nossa Política de Privacidade rege a sua participação no nosso Painel de Influenciadores, que você pode acessar aqui. O nosso website usa cookies. Como no mundo offline, cookies tornam qualquer situação melhor. Para aprender mais sobre os cookies que são usados no nosso website, verifique a nossa Política de Cookies.

jango121

  52 meses atrás

A Fonte - Nos Bastidores do Toluna - Parte 3
Fechado

Na retomada das atividades na sede do Toluna, o presidente soberano adentra em seu esmerado gabinete. Estava intranquilo quanto aos últimos acontecimentos, desconfiado acerca das denúncias que vazaram, e apagadas pelo ímpeto de José José no apertar do botão vermelho, o famigerado botão Tum-Tum. Deslizara seus dedos pela sua mesa de mogno belga, ajeitando o porta-retrato de sua esposa Mary Blair, até que findara no andar vagaroso entorno da mesa, a sentar-se no seu trono de couro, a poltrona master blaster presidencial. E de cara amarrada chamou pelo telefone sua secretária, a estonteante Dolores.
(presidente)
_ Dolores, por gentileza, na minha sala, agora.
Dolores era um arraso, 1,50 m de altura, panturrilhas grossas, simétricas as coxas vistosas, largas e devidamente cobertas por seu traje de executiva. A cinta apertada na cintura elevava outros atributos, com um busto mais altivo, firme, e sem decotes. Dolores adorava a cor rosa, fã de Penélope charmosa, fanática por Hello Kitty, os aros dos óculos rosados a combinar com as bochechas na mesma proporção. Cabelos pretos, longos, amarrados e cheirosos. Esta era a secretária do presidente, conhecida por todos os funcionários como a Pitéu do Macaron, o seu doce predileto:
_ Bom dia chefe. - diz Dolores, para alegria do presidente que nutria gordos olhos a sua pessoa.
_ Já foram melhores my darling, já foram melhores. Mas, esta é a sina de um presidente garboso e magnânimo como eu. Como um guerreiro sumério, usando tanga de couro de antílope e uma espada ferina na mão. Sempre estarei destinado a enfrentar problemas e desafios imensuráveis. É por isso que preciso de ti, Dolores. E destes braços que digitam tanto! Oh Dolores, preciso dos teus abraços ao qual me negas! Ah, tô tão carente!
_ O senhor precisa dizer o que deseja logo, porque eu tenho muito trabalho pra fazer!
_ Direta ao ponto. Eu gosto disso! Isso me....me deixa louco, de ternura.
_ Louco o senhor já é.
_ Me conheces bem não é mesmo? Mas vamos ao que interessa, quais compromissos me aguardam?
_ Bom, vejamos, o senhor tem uma reunião no departamento dos desesperados as 10, as 12 um almoço com os jogadores de Portugal, as 14 horas, uma participação especial na novela "Escrava Isaura", as 17 horas uma reunião motivacional com os funcionários mais antigos que desejam lhe processar por maus tratos.
_ Ai, ai, ai. Não sei o que é pior, o departamento dos desesperados ou lidar com este pessoal que deseja arrancar meus centavinhos. Mas faz o seguinte, cancela estes compromissos, com exceção da novela, porque me foi caríssimo pagar para ganhar o papel de senhor feudal. Éeee...agora para encerrar, sobre o caso Jango121, o que temos sobre ele?
_ Bom, na verdade nada.
_ Como nada? Como nada pô? Eu mandei o pessoal investigar sobre o assunto! E ninguém me traz resultados? Eu quero saber quem despejou estas denúncias loucas de corrupção!
_ Bom, o Jango ganhou o concurso de poemas.
_ Opa, ele ganhou o concurso? Aquele lá? Dos poemas? Aquele dos pontos superfatu..cof..cof...é...bem...aquele?
_ Sim! - e entregou o relatório com o poema do Jango.
_ Hmm. Certo, certo. Isso tem substância. Dolores, eu quero que faça o seguinte proceder. Quero que sejam investigados todos os membros que postaram comentários neste tópico. Vamos passar um pente fino, e onde tiver piolho, será o nosso ponto de partida. Como pode isso? Ainda não haver informações precisas do sujeito. Não, tem caroço nesse miojo! Eu quero nomes de todos que estiveram em contato com esse Jango. A propósito, mandaram o telefone pro endereço dele? Eu quero logo entrar em contato para intimidá-lo! Os políticos fazem isso, e, eu também quero. Oras bolas.
_ Chefe, chefe, isso vai dar trabalho! Mas, como não serei eu a incumbida da tarefas, vou transmitir as ordenanças. Ah, pode deixar que mandaremos a caixa com o telefone.
_ Não se esqueçam do chip da NASA, é experimental, mas me disseram que a área 51 já testou e funciona. Rastreia até ET em Marte - e levantando aproximou-se de Dolores, fazendo uma proposta indecente - Dolores, o que você acha de agendar uma dança de Tango, fora do expediente?
_ A senhora sua esposa vai adorar.
_ Oh mulher cruel. Era só um tanguinho.
_ Sei. É sempre assim, o sujeito chega, fala coisas bonitas, nos chama de azaleia, de minha petúnia, depois convida para dançar uma valsa, um mambo, um forrozinho, e no dia seguinte desaparece. Aí me dá crise de ansiedade, e só me resta o macaron como companhia! - e triste começou a chorar.
_ Não, não, não! Não posso ver alguém chorando, tome este lenço, enxuga a maquiagem.
_ Obrigado. - e usou o lenço de papel.
_ Agora, seja franca comigo, está bem? Me responda, olhando firme para mim sem derrubar uma lágrima em meu carpete australiano. Você me diria que... o lenço é bom?
_ Como assim?
_ O lenço? É macio? Tem textura? Você gostaria de usá-lo em outras ocasiões?
_ Ah...é...talvez...é...um bom lenço. Mas, não entendo a perg...
_ Perfeito! - e tomando o telefone ligou para o departamento de testes - Alô, fala pro Figueredo que o produto 17169121 está aprovado. Pode liberar os lenços para teste no site!
_ O senhor me usou? Insensível!
_ Dolores, o mundo business é assim. É frio, é cruel, uma terra inóspita cheia de leopardos famintos. Precisamos sempre agarrar as oportunidades, e transformar nossas lágrimas, em suor...
_ Tá, tá, tá, não sei porque eu me surpreendo. Deixa eu indo! - e na porta a secretária deparou-se com José, quase um passo a entrar na sala do presidente - Ah, você é o estagiário que foi promovido. Boa sorte com o tigrão aí.
_ Leopardo Dolores, leopardo! - e vendo José a se aproximar o seu semblante logo mudou de tom - Não esperava vê-lo tão cedo José.
_ Eu também não esperava. Até porque quase fui demitido não é mesmo - e gargalhou solitário, fazendo eco pela sala. E sem graça calou-se.
_ Pois é, José. E agora você começa a semana liderando a equipe de um dos meus departamentos, o mais ativo diga-se de passagem. Mas a que honra se dá tal visita sem agendamento?
_ Então...tenho boas novas. Eu consegui informações sobre o Jango121.
_ Ah não brinca? Era isso que eu queria ouvir hoje! É isso! Mas o que você descobriu?
_ Bom, vamos com calma. Eu obtive algumas informações sobre o seu passado, através de uma fonte misteriosa, que ligou pra minha mesa, quando eu estava terminando minhas últimas atividades como estagiário! Você acredita?
_ Depende, como foi isso? - Então José aos muitos gestos narrava o evento ocorrido.
-------------------------O relato de José na mesa --------------------
(telefone toca)
_ Toluna SA. José na linha, tenha um bom dia ou boa noite se estiver no Japão.
_ Alô. É do Toluna? - a voz na linha.
_ Acabei de dizer.
_ Ok..er...eu gostaria de falar com um funcionário da empresa. Ele se chama José, vulgo "Double Name".
_ Não gosto desta piada, mas sim, é o próprio.
_ Muito bem. Eu sou um membro anônimo do toluna. E tenho informações importantes para compartilhar sobre o Jango, tem interesse?
_ Nossa! Mesmo, mas por favor, identifique-se.
_ Você pode me chamar de Mr. Soze. Mas, sou conhecido pela alcunha de "Mendigo".
_ Certo, mendigo - e José anotava num caderninho - De onde você é?
_ Da rua.
_ Interessante. Então mendigo, me passe a informação.
_ Não, não é assim. Eu quero fazer um acordo. Eu quero pontos, muitos pontos.
_ Não mendigo, nós não podemos dar pontos, assim, do nada.
_ Eu quero 500 mil pontos, metade agora, metade na entrega da informação.
_ Não mendigo.
_ Ok, 10 mil pontos.
_ Pare de mendigar, não vai rolar Mr. Soze. Só o concurso do poema já vai custar milhares de pontos.
_ Ah, assim tá difícil. Olha, eu não posso relatar sem ganhar nada.
_ Tá, vamos fazer o seguinte. Se a informação for quente, nós te daremos um cadeado de brinde.
_ Um cadeado? Mas o que eu vou fazer com isso?
_ É problema seu mendigo. Você pode proteger algo que você possua em casa.
_ Mas eu to na rua!
_ E por acaso foi eu que te coloquei aí? Olha, só vou te dar um cadeado, o resto é com a sua imaginação, meu amado.
_ Bem me falaram que você é durão. Eu aceito o cadeado. - em seguida o mendigo forneceu a informação sobre Jango, e José com as línguas de fora, escrevia freneticamente no caderninho.
Responder

Damião22

  52 meses atrás
Esse Jango é o cara mesmo kkk.
0 comentários

DanielZ95

  52 meses atrás
To be continued... O.O Jango do céu kkkkkkkkk Eu ri muito, aí, tu falando que não imaginava uma parte 3, já conseguiu um ótimo texto e ainda deixou uma espera pela parte 4. Você escreve muito bem, parabéns de novo e que venha a parte 4, a revelação do Jango. (o celso se revelou e colocou a foto, será que o Jango também vai? cenas dos próximos capítulos kkkkk)
2 comentários

tirbo

  52 meses atrás
diferente o doce
0 comentários

elielma brandão

  52 meses atrás
que docinho delicioso hummmm
0 comentários

CrisBaladRemix

  52 meses atrás
0.0 to be continued ... kkkkkkk
0 comentários

Fatih

  52 meses atrás
Já faleeeeei! 121 é canal Rá Tim Bum! Tem aquele programa, esqueci o nome... é.......... thu, thu, thu (procurando no Google)... "O Mundo da Lua"! O Jango é o Lucas Silva e Silva disfarçado! Com essa imaginação fértil, só pode! kkkkk... Até Keyser Soze na história?! Ops, Mr. Soze ⊙_⊙
1 comentários

alvimaia

  52 meses atrás
Um bom texto.
0 comentários

Ostrasenil

  52 meses atrás
Texto mais esquisito...
0 comentários

adauto2016

  52 meses atrás
bom
0 comentários

mrsv16

  52 meses atrás
bom
0 comentários
Copiado para a área de transferência

2   Seguidores

Você está quase lá

Para poder criar conteúdo na comunidade

Verifique o seu e-mail / reenviar
Não, obrigado! Estou apenas olhando

OK
Cancelar
Lamentavelmente, desativamos a funcionalidade de login com Facebook. Por favor, digite seu e-mail do Facebook para receber um link de criação de senha.
Por favor, insira dados válidos para Email
Cancelar
Processando...
Se você incluir uma foto, seu perfil fica mais legal.
Carregar